Chegamos ao fim de mais uma competição, e com prazer anunciamos a equipe Kyi, patrocinada pelo SENAC, a grande vencedora da Edição 2011 e Tri-Campeã do Global Management Challenge Brasil.

Durante a Final Nacional ocorrida no dia 16/Nov, em uma disputa acirrada, a equipe Kyi -antiga HAL- assumiu a liderança somente na última Decisão.

A classificação final foi:

A Kyi (composta por Diego Ucha, Cristian Cerda, Cassio Rieser, Melina Ucha e Daniel Cerda) representará o Brasil na Final Internacional do GMC em Kiev – Ucrânia em de Abril de 2012.

Fonte: http://globalchallenge.com.br/blog/?p=775

===

Equipe Kyi/Senac campeã do GMC 2011

Matéria publicada no site BateCabeça em 23 de novembro de 2011.

Pela terceira vez consecutiva a equipe multidisciplinar que representa o Senac São Paulo venceu a etapa nacional do Global Management Challenge – GMC e em abril embarcará para a Ucrânia para concorrer com equipes de 32 países na etapa internacional da competição. Para se preparar, o grupo pretende analisar o desempenho dos adversários classificados em suas prévias.

Desde 1980, o Global Management Challenge é um desafio virtual que busca o desenvolvimento das habilidades de estratégia e gestão. Aberto para estudantes universitários e profissionais de qualquer área de formação tem por objetivo promover o aprendizado prático de habilidades-chave como Raciocínio Estratégico e Visão de Negócio.

Cada equipe de três a cinco integrantes assume o papel da diretoria de uma empresa, tendo como meta administrar as áreas de marketing, finanças, produção e recursos humanos, para elevar o valor de suas ações acima do valor dos concorrentes. “Além de estimular a aquisição de conhecimentos específicos nas áreas-foco, a competição ajuda os participantes a refletir sobre suas competências de trabalho em equipe, tomada de decisão, influência e comunicação”, analisa Daniel Garcia Correa, coordenador do Núcleo de Empreendedorismo do Senac São Paulo.

A equipe vencedora é formada por ex-alunos do Senac de vários cursos: Cristian Eduardo Hidalgo Cerda e Cassio Rieser da Silveira, do Bacharelado em Administração de Empresas; Melina Ferreira Ucha, do Bacharelado em Hotelaria; Diego Ferreira Ucha, do Bacharelado em Ciência da Computação; e um convidado, Daniel Hidalgo Cerda, engenheiro aeronáutico.

Para o líder do grupo, Diego Ucha, participar do GMC é uma oportunidade de melhorar a capacidade de previsão de cenários e de contornar situações adversas na vida corporativa. Graduado desde 2008, Diego é o veterano da equipe e percebe os ganhos a cada participação. “O GMC é uma atividade de simulação diferente, pois não há um gabarito fechado. Suas decisões variam de acordo com as ações adotadas pelos concorrentes. O primeiro ponto que observamos é que aumenta a sua visão do que é relevante. Você passa a utilizar mais dados e resultados e menos feeling”, afirma.

Como estratégia para a grande final a equipe pretende acompanhar de perto o perfil dos concorrentes e as decisões adotadas por eles nos cenários de suas etapas nacionais. “É importante sabermos, por exemplo, se os finalistas são conservadores ou agressivos e isso muda conforme a cultura. Sabemos, por exemplo, que europeus são mais conservadores, enquanto os chineses são agressivos”, conta Ucha.

Sobre o Senac São Paulo

Instituição educacional comprometida com a inclusão social, o Senac São Paulo organiza uma programação de cursos livres, técnicos, de graduação e pós-graduação em diversas áreas do conhecimento. São 54 unidades educacionais em todo o Estado de São Paulo, além de três campi do Centro Universitário Senac, dois hotéis-escola Grande Hotel São Pedro e Grande Hotel Campos do Jordão e mais a Editora Senac São Paulo. A diversidade dessa atuação possibilita a oferta de atendimento corporativo e de cursos a distância.

Sob a gestão da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomercio), o Senac São Paulo reúne a força de 1,8 milhão de empresas e promove a difusão de conhecimento e empreendedorismo há 65 anos.

Fonte: http://www.maxpressnet.com.br/Conteudo/1,460428,Equipe_do_Senac_Sao_Paulo_vence_etapa_nacional_e_classifica-se_para_a_final_internacional_do_Global_Management_Challenge,460428,8.htm

Fonte: http://batecabeca.com.br/equipe-do-senac-sao-paulo-vence-etapa-nacional-e-classifica-se-para-a-final-internacional-do-global-management-challenge-pela-terceira-vez-consecutiva.html

Entrevista à Rádio CBN (Globo)

Entrevista concedida à Rádio CBN (Globo), veiculada em 08/10/2011, destaca a participação na disputa mundial Your Big Year. Vote em mim até 08 de Novembro de 2011 para garantirmos uma vaga brasileira na disputa mundial.

Fonte: http://cbn.globoradio.globo.com/editorias/pais/2011/10/09/BRASILEIROS-PARTICIPAM-DA-DISPUTA-MUNDIAL-YOUR-BIG-YEAR.htm

Entrevista concedida ao programa Atitude BR, veiculado na Band News, pelo grupo HAL – formado por Diego Ucha, Cássio Rieser, Cristian Eduardo Hidalgo Cerda, Melina Ucha e Daniel Hidalgo Cerda – que representou o Brasil em Macau (2010) e Sibéria (2009) na final internacional do Global Management Challenge.


Matéria publicada no portal do Senac em 17 de dezembro de 2010.

Após vencer, pelo segundo ano consecutivo, a etapa nacional da Global Management Challenge, maior competição internacional de estratégia e gestão, o Senac/SP representará o Brasil na final mundial em Macau, na China, de 11 e 15 de abril do próximo ano.

Visando desenvolver habilidades gerenciais, estratégicas e de negociação por meio da simulação empresarial, o grupo HAL – formado por Diego Ucha, Cássio Rieser, Cristian Eduardo Hidalgo Cerda, Melina Ucha e Daniel Hidalgo Cerda, alunos e ex-alunos do Centro Universitário Senac – sagrou-se campeão diante de quase mil competidores brasileiros.

O coordenador do Núcleo de Empreendedorismo do Senac São Paulo, Daniel Garcia Corrêa, destaca que os participantes aprendem a superar desafios no ambiente corporativo, compreendendo como as diferentes áreas de uma empresa se relacionam e interagem. Segundo Corrêa: “Os alunos também trocam experiências com competidores de outros países e têm a oportunidade de expor o talento às empresas patrocinadoras que recrutam colaboradores na competição”.

Voltada para profissionais ou estudantes de Administração de Empresas, Economia, Engenharia ou áreas que priorizam capacitação e novos desafios, a competição, que teve início em Portugal, em 1980, está presente em 32 países.

Além da equipe campeã, a instituição formou e apoiou mais 35 grupos, compostos por alunos de diversas áreas.

Fonte: http://www.senac.br/noticias/noticias.asp?id=591

===

Matéria publicada no site do Senac São Paulo em 09 de dezembro de 2010.

A equipe do Senac formada por alunos e ex-alunos venceram a 31ª edição da GMC – Global Management Challenge (GMC), maior competição internacional de estratégia e gestão. É o quarto ano seguido que equipes do Senac chegam à final nacional. A cerimônia de premiação foi realizada no dia 8/12/2010, no Centro de Convenções do Senac – Campus Santo Amaro.

O grupo é composto por Diego Ucha, formado em 2008 no Bacharelado em Ciência da Computação, Cássio Rieser e Cristian Cerda, alunos do Bacharelado em Administração com Linha de Formação Específicaem Administração de Empresas, e Melina Ucha, do Bacharelado em Hotelaria e Daniel Hidalgo.

Desbancando oito grupos finalistas e 239 que iniciaram a competição, os vencedores ganharam a quantia de R$ 5.000,00, além da vaga para representar o Brasil na etapa internacional, que será realizada em abril de 2011 em Macau, China. Na data, haverá equipes representadas por mais 31 países.

Sobre a competição
Voltada para profissionais e estudantes de administração, economia, engenharia e demais segmentos afins, a competição teve início em Portugal, em 1980, por iniciativa do grupo SDG, especializado em metodologias de desenvolvimento de competências, baseadas na dinâmica das simulações empresariais. Atualmente, o Global está presente em 30 países. Durante a disputa, são constituídas equipes de três a cinco integrantes que devem administrar uma empresa virtual de forma a alcançar a maior cotação na bolsa de valores, que também é fictícia.

Fonte: http://www.sp.senac.br/jsp/default.jsp?tab=00002&subTab=00000&newsID=a18220.htm&testeira=453

===

Matéria publicada no site do Global Management Challenge em 09 de dezembro de 2010.

Chegamos ao fim de mais uma competição, e é com prazer que anunciamos a equipe HAL, patrocinada pelo SENAC, como a grande vencedora da 31ª Edição do Global Management Challenge Brasil 2010.

A classificação final ficou:

5. HAL                          2.531
3. TALENT TEAM                  2.247
4. ANARQUIA É ORDEM             2.209
6. ADM-UFXC                     2.156
2. ECONOMICA                    2.051
7. GOLDEN GOAL                  2.043
8. KEYNESIANA                   1.989
1. SANB5                        1.919

A equipe enfrentou uma competição acirrada e só na última decisão assumiu a liderança.

A HAL representará o Brasil na Final Internacional do GMC em Macau – China no dia 14 de Abril de 2011.

Fonte: http://globalchallenge.com.br/blog/?p=303

===

Matéria publicada no site do Senac São Paulo em 30 de novembro de 2010.

Pelo terceiro ano consecutivo, a Equipe HAL, composta por alunos e ex- alunos do Centro Universitário Senac, está na final da Global Management Challenge 2010 (GMC), principal competição internacional de estratégia e gestão.

O grupo finalista é composto por Diego Ucha, formado em 2008 no Bacharelado em Ciência da Computação, Cássio Rieser e Cristian Cerda, alunos do Bacharelado em Administração com Linha de Formação Específica em Administração de Empresas, e Melina Ucha, do Bacharelado em Hotelaria. A equipe vencedora será conhecida em cerimônia de premiação, no Centro de Convenções do Centro Universitário, no dia 8/12/2010.

Sobre a competição
Voltada para profissionais e estudantes de administração, economia, engenharia e demais segmentos afins, a competição teve início em Portugal, em 1980, por iniciativa do grupo SDG, especializado em metodologias de desenvolvimento de competências, baseadas na dinâmica das simulações empresariais. Atualmente, o Global está presente em 30 países. Durante a disputa, são constituídas equipes de três a cinco integrantes que devem administrar uma empresa virtual de forma a alcançar a maior cotação na bolsa de valores, que também é fictícia.


Matéria publicada na Revista IstoÉ Dinheiro em 21 de abril de 2010, mostra a conquista do primeiro lugar brasileiro pela Equipe i9/SENAC na maior competição de gestão de empresas e inovação do mundo, o Global Management Challenge. A equipe i9/SENAC é composta por Diego Ucha, Cristian Cerda, Marcel Ramos, Cássio Rieser e Melina Ucha.

Matéria divulgada na IstoÉ Dinheiro de 21 de abril de 2010 mostra a conquita do primeiro lugar brasileiro no GMC pela equipe i9/SENAC

===

Matéria publicada no site do Global Management Challenge em 25 de março de 2010.

Equipe i9 vence a 30a Edição do GMC Brasil

Equipe i9/SENAC campeã do GMC Brasil 2009/2010

A Equipe i9, patrocinada pelo SENAC, foi a grande vencedora da 30 a. Edição do Global Management Challenge no Brasil.

Com veteranos de outras edições (o chefe de equipe Diego Ucha concorreu na final nacional de 2008 com a equipe ALMAZ), a equipe enfrentou uma competição acirrada e só na última decisão assumiu a liderança.

A Equipe i9 representará o Brasil na Final Internacional do GMC em Khanty-Mansiysk – Sibéria (Rússia) no dia 17 de Maio próximo.

Fonte: http://globalchallenge.com.br/blog/?p=166

===

Matéria publicada na ResultsON em 23 de maio de 2010.

Com o objetivo de promover soluções inovadoras de gestão, o Global Management Challenge é a maior competição internacional de estratégia do mundo, realizada em 30 países diferentes desde 1980. Organizado pela Ser Total [sertotal.com], o GMC é realizado aqui no Brasil desde 2008, revelando diversos talentos ao mercado nacional e internacional em um interessante jogo de simulação de negócios, no qual cada equipe administra uma empresa virtual e disputa a cotação mais alta em uma bolsa de valores fictícia.

A última edição brasileira ocorreu durante o mês de março e reuniu oito equipes nacionais de diferentes perfis, atraídas pelo prêmio de R$ 5 mil e a chance de concorrer na grande final mundial em Khanty-Mansiysk, na Sibéria. Patrocinada e apoiada pelo Senac, a equipe i9, formada por Diego Ucha, Cristian Eduardo Hidalgo, Marcel de Paula Ramos, Cássio Rieser e Melina Ferreira Ucha, faturou o prêmio e a vaga na Rússia, apresentando um projeto marcado pelo planejamento detalhado e pela inovação estratégica.

A formação
A história da i9 teve início em 2008, quando a equipe Almaz/Senac participou pela primeira vez do GMC, representados por Diego, ex-aluno do curso de Bacharelado em Ciência da Computação, Cristian e Marcel, alunos do curso de Bacharelado em Administração com Linha de Formação Específica em Administração de Empresas. Já em sua primeira formação, o grupo conquistou o segundo lugar. Motivados pelos bons resultados, os membros começaram a se planejar para participar da competição no ano seguinte, e procuraram novos integrantes que trouxessem experiências diferentes para o projeto. “Ano a ano, em função de todo o fomento ao empreendedorismo realizado pelo Senac São Paulo, o número de alunos que buscam esse tipo de atividade vem crescendo bastante. Sempre os apoiamos, pois iniciativas como essa complementam sua formação profissional”, diz Daniel Garcia Correa, coordenador do Núcleo de Empreendedorismo do Senac São Paulo.

A oportunidade para participar da edição de 2010 surgiu com o convite do Senac para formar uma equipe patrocinada pela instituição. Chegaram então Cássio e Melina Ferreira Ucha, do Curso de Bacharelado em Administração e Hotelaria, respectivamente. “O Senac nos ajudou muito, com o patrocínio e com a abertura na consulta aos professores. As novas pessoas que vieram agregaram muito valor à equipe, o que, somado à experiência passada dos demais integrantes, foi decisivo para conquistar o primeiro lugar na competição”, diz Diego Ucha.

A última edição
Assim como no mercado real, o que faz a diferença em uma competição de negócios é a capacidade de aprendizado, perseverança e inovação, aspectos que, na opinião de Diego, foram os principais fatores de sucesso da i9 no GMC. “Tivemos a chance de aprimorar o conhecimento teórico e prático em gestão estratégica de empresas e habilidades em liderança em situações adversas. Praticamos o pensamento inovativo, que foi fundamental para atingir excelentes resultados ao longo da competição.”

Com as ações avaliadas em 1.172 na bolsa virtual, a i9 garantiu o primeiro lugar. Mas o que significa, na prática, estar à frente de uma disputa dessas e representar o Brasil no exterior? “Vencer a etapa brasileira do GMC foi muito gratificante, já que competimos com estudantes de importantes universidades do país e com gestores e analistas de grandes empresas. Olhamos para trás e vemos que participar dessa competição foi uma experiência de muito aprendizado profissional e pessoal.
Além do mais, é uma grande honra poder representar o Brasil e o Senac na final internacional do GMC”, completa Diego.“Nosso Sistema de Educação Empreendedora tem trazido grandes resultados, e a conquista do GMC reflete esse diferencial que oferecemos aos nossos alunos”, completa Daniel.

Fonte: http://resultson.com.br/pocket/materias/estrategia-e-inovacao/

===

Matéria publicada no site do Senac São Paulo em 26 de março de 2010.

O Senac São Paulo comemora a conquista do primeiro lugar da equipe i9, formada por alunos do Centro Universitário Senac – Campus Santo Amaro, na etapa nacional do Global Management Challenge (GMC), a maior competição internacional de estratégia e gestão. A final foi realizada em 24/3, no próprio campus. Com a vitória, os estudantes vão participar da etapa mundial, em 17/5/2010, na Rússia, com todas as despesas pagas pelos organizadores do evento.

O grupo vencedor é composto por Diego Ucha, formado em 2008 no Bacharelado em Ciência da Computação, Cássio Rieser, Cristian Cerda e Marcel Ramos, que cursam o Bacharelado em Administração com Linha de Formação Específica em Administração de Empresas, e Melina Ucha, do Bacharelado em Hotelaria. Além da oportunidade de se destacarem na fase internacional da disputa, eles ganharam o prêmio de R$ 5 mil.

Segundo Daniel Garcia Corrêa, coordenador do Núcleo de Empreendedorismo do Senac São Paulo, o jogo contribuiu com a aprendizagem dos alunos, que puderam vivenciar os desafios dentro do ambiente corporativo e observar a interação entre as diferentes áreas de uma empresa. “A vitória significa a materialização de todo trabalho do Senac São Paulo na formação de profissionais diferenciados e no incentivo ao empreendedorismo”, analisa. Além da equipe campeã, o Senac São Paulo formou e apoiou mais oito grupos, compostos por estudantes de diversas áreas.

Sobre o GMC
Voltado a profissionais ou estudantes de administração, economia, engenharia e segmentos afins, a competição teve início em Portugal, em 1980, e atualmente está presente em 30 países. Para a disputa, são constituídas equipes, de três a cinco integrantes, que devem administrar uma empresa virtual de forma a alcançar a maior cotação na bolsa de valores, que também é fictícia.

Essa é a terceira edição em que o Senac São Paulo participa. Dos 202 grupos que se inscreveram para as etapas nacionais do GMC, 64 foram classificados para a segunda fase. Desses, apenas oito seguiram para o terceiro e último estágio da competição, que foi bastante concorrido. Os oito finalistas tiveram que tomar cinco decisões no jogo, a partir das informações que receberam. Os jovens da i9 ficaram duas rodadas em quarto lugar e, na última, pularam para o primeiro e saíram vitoriosos.

Fonte: http://www.sp.senac.br/jsp/default.jsp?l=&local=&newsID=a17337.htm&subTab=00000&tab=00002&template=&testeira=453

===

Matéria publicada no site da MAXPRESS Net em 25 de março de 2010.

A equipe do SENAC venceu a final brasileira do Global Management Challenge, que aconteceu ontem, em São Paulo. A equipe “i9-Senac” superou outras 202 equipes durante as 15 semanas que durou a competição.

Os cinco integrantes da equipe ganharam, além do prêmio de R$ 5.000,00, o direito de representar o Brasil na final internacional do GMC, que acontecerá dia 17 de maio na cidade siberiana de Khanty-Mansiysk, na Russia.

O Global Management Challenge é a maior competição internacional de estratégia e gestão empresarial e esta é a sua 30ª edição no Brasil (31ª edição Internacional). A competição final na Russia envolverá 31 países, além do Brasil.

Fonte: http://www.maxpressnet.com.br/noticia.asp?TIPO=PA&SQINF=424319

===

Matéria publicada no site da ResultsON em 29 de março de 2010.

Na última sexta-feira (25), foram divulgados os resultados do Global Management Challenge Brasil, a maior competição internacional de estratégia e gestão, presente em mais de 30 países atualmente. Formada por Diego Ucha, Melina Ucha, Cássio Rieser, Cristian Cerda e Marcel Ramos, a equipe i9, patrocinada pelo SENAC, foi a vencedora da disputa, levando para casa R$ 5 mil e uma viagem para a Rússia, onde irão representar o Brasil na final internacional do concurso, no dia 17 de maio. Para quem quiser conferir os outros colocados, basta acessar o blog oficial da competição. Parabéns ao pessoal da i9! Vamos continuar de olho para ver o que rola na Rússia. Até lá!

Fonte: http://resultson.com.br/blog/i9-vence-gmc-brasil/

===

Matéria publicada no site do GMC internacional em março de 2010.

The team “i9″, sponsored by SENAC, won the Brazilian final of the Global Management Challenge, after overcoming 202 other teams during the 14 weeks of competition. The five-member team won the prize of R$ 5000.00 and also the right to represent Brazil in the international finals of the Global Management Challenge, to be held May 17 in the Siberian city of Khanty-Mansiysk, Russia, with all expenses paid.

The Global Management Challenge is the biggest international competition of strategy and business management and this is its 30th Year edition in Brazil. The final competition in Russia will involve 30 other countries. The team members representing Brazil “i9” are students of Administration, Computer Science and Hospitality. The only exception was the team leader, Diego Ucha, graduated in Computer Science in 2008 in SENAC.

The only team member who is debuting in Global Management Challenge Brazil is Melina Ucha, the student of Hospitality. The other four have reached the national final in 2008 and remained in second place. This time, the team “i9″ faced stiff competition and only in the last decision took the lead. Diego Ferreira Ucha, Cassio Rieser da Silveira, Cristian Hidalgo Cerda, Marcel de Paula Ramos and Melina Ferreira Ucha could then celebrate their chance to win the international challenge. “In the first four decisions we couldn’t win, but in the final one, we reacted and reached our company’s best share values”, said the enthusiastic team leader, Diego Ucha.

The promoter and organizer company of the Global Management Challenge in Brazil, SerTotal, will provide all the conditions for the Brazilian team to win the challenge. “We will bring together competitors who have already been in past GMC international finals to prepare the team. Our desire is to bring this award to Brazil”, explains Marcelo Egea, managing partner of SerTotal.

Follow the results of the last decision that gave the victory to the team i9 Senac:
* I9 / SENAC – 1.172
* DE PRETTO BROTHERS / AIESEC – 1.145
* WHAT / AIESEC – 1.144
* OS IMPOSSIVEIS / THYSSEN – 1.084
* A LIGA / ENDEAVOR – 1.068
* ANARQUIA EH ORDEM / GALLUP – 1.032
* CCTEAM / CIEE – 1.001
* UNIDAS DO FUTURO / UNIDAS – 0.853

Fonte: http://www.worldgmc.com/index.php?cid=*75699749B2EAA0D1C97384F5936A3F2B5E254F43&SeccaoID=*7BD860E1FF3FA56D05EA4CA2BD3BCA15CCA065DA&ID=*8B8236AC581F738B80C0CB28108BB6ABED22D778

===

Matéria publicada no site Universia em 30 de março de 2010.

A Equipe i9 venceu a etapa nacional da 30ª edição do GMC (Global Management Challenge) – competição de estratégia e gestão, realizada entre janeiro e março de 2010. Além de receber R$ 5 mil, irá representar o Brasil na Final Mundial na Sibéria, Russa, nos dias 17 e 18 de maio de 2010.

Composta por cinco integrantes, a equipe foi liderada por Diego Ferreira Ucha, bacharel em Ciência da Computação e contou com o patrocino do Senac São Paulo. Cássio Rieser, Cristian Cerda e Marcel Ramos, estudantes de Administração de Empresas, e Melina Ferreira Ucha, aluna de Hotelaria, completam o time.

Para vencer a competição, a equipe teve que tomar 76 decisões estratégicas para o gerenciamento de uma empresa fictícia. Decisões que englobaram questões de mercado, preços, concorrência, produtos, recursos humanos, investimento, pesquisa e desenvolvimento. Mesmo contando com a colaboração do veterano Diego Ucha, que disputou a final nacional de 2008 com a equipe ALMAZ, a i9 só assumiu a liderança da competição na última decisão.

A competição para os integrantes da equipe do Senac, no entanto, não terminou com a vitória da etapa nacional. A i9 irá disputar o título internacional com as outras equipes finalistas dos 29 países participantes. Todas as despesas com a viagem para a Sibéria serão pagas pelos organizadores do Global Management Challenge.

Fonte: http://www.universia.com.br/carreira/materia.jsp?id=19316

===

Matéria publicada no site “Administradores – o portal da administração” e no “Pingado – Terra” em 01 de abril de 2010.

Desenvolver habilidades gerenciais, estratégicas e de negociação testando conhecimentos por meio da simulação do mundo empresarial. Esses são os objetivos da Global Management Challenge, maior competição internacional de estratégia e gestão, vencida pela equipe formada por alunos do Senac São Paulo na etapa nacional. Os brasileiros irão representar o País na final mundial, que este ano acontece na Rússia, nos dias 17 e 18 de maio.

A equipe denominada i9 é formada por cinco integrantes, sendo três alunos do Bacharelado em Administração de Empresas, uma estudante do Bacharelado em Hotelaria e um ex-aluno do Bacharelado em Ciências da Computação. O grupo sagrou-se campeão por ter tomado o melhor conjunto de decisões sobre 76 variáveis apresentadas durante as 14 semanas da competição. Os participantes assumiram posições de controle e conseguiram interpretar melhor as informações que englobam a realidade de uma empresa como mercado, preços, concorrência, produtos, recursos humanos, investimento, pesquisa e desenvolvimento, entre outros fatores.

Voltada para profissionais ou estudantes de administração de empresas, economia, engenharia ou áreas afins que busquem capacitação e novos desafios, a competição teve inicio em Portugal, em 1980, e atualmente está presente em 30 países. Essa é a terceira vez que o Senac participa do evento, que neste ano foiorganizado no Brasil pela empresa Ser Total, em conjunto com a SDG – Simuladores e Modelos de Gestão de Portugal. Além da equipe campeã, o Senac São Paulo formou e apoiou mais oito grupos, compostos por alunos de diversas áreas.

Segundo o coordenador do Núcleo de Empreendedorismo do Senac São Paulo, Daniel Garcia Corrêa, os participantes aprendem a superar os desafios dentro do ambiente corporativo e entendem como as diferentes áreas de uma empresa se relacionam e interagem. “Os alunos também trocam experiências com competidores de outrospaíses e tem a oportunidade de expor o talento às empresas patrocinadoras que recrutam colaboradores na competição,” afirma.

Fonte: http://www.administradores.com.br/informe-se/informativo/estudantes-do-senac-sao-paulo-ganham-etapa-nacional-do-global-management-challenge/31812/

Fonte: http://pingado.terra.com.br/noticias/33634/educacao/estudantes-do-senac-sao-paulo-ganham-etapa-nacional-do-global-management-challenge.html

Vice-campeões brasileiros

Matéria publicada no Estadão de 10 de maio de 2009 mostra a conquista do segundo lugar brasileiro pela Equipe Almaz/SENAC em uma das maiores competições de gestão de empresas e inovação do mundo, o Global Management Challenge. A equipe Almaz/SENAC é composta por Diego Ucha, Cristian Cerda, Marcel Ramos e Paulo Ricardo Azevedo.

Para SENAC, game complementa estratégias educacionais

Um dos destaques do GMC 2008 foi a equipe Almaz, patrocinada pelo SENAC. O grupo, formado por três estudantes do Centro Universitário SENAC e um da ESPM, ficou em segundo lugar na competição e por pouco não faturaram o título. Apenas 12 pontos separaram a equipe da bicampeã iTGO/EDP.

Para Diego Ucha, líder da equipe, participar da final do GMC foi um grande aprendizado. “Foram dez semanas de muita dedicação, estudos e análises das decisões tomadas. Vemos hoje que esse investimento valeu muito a pena, não apenas pelo resultado conquistado, mas pelo conhecimento e experiência adquiridos”, afirma. Além de Diego, formaram a equipe Cristian Cerda, Marcel Ramos e Paulo Azevedo.

Quem também enfatiza a importância do game para a formação profissional é o coordenador do curso de administração de empresas do SENAC, Flavio Foguel. “Empreendedorismo é um valor formativo que o SENAC trabalha em todos os seus cursos. Além disso, a instituição tem atenção especial para a articulação entre teoria e prática. Nestes aspectos, o GMC é a ferramenta que colabora com o complemento de nossas estratégias educacionais”, diz.

Já o coordenador do Núcleo de Empreendedorismo do SENAC, Daniel Garcia Correa, comemorou o bom resultado obtido pela equipe Almaz/SENAC e destacou a importância dos jogos empresariais. “Conseguimos demonstrar desta forma a qualidade da formação dos nossos alunos e o quanto eles estão preparados para enfrentar o mundo do trabalho”, afirma. “Estes casos de sucesso geram um resultado muito interessante em outros alunos, que seguem o exemplo e passam a prestar mais atenção em assuntos ligados ao empreendedorismo”, avalia Correa.

Final 2008 – Equipe Almaz from GMC Brasil on Vimeo.

Equipe Almaz - Cristian, Diego e Marcel
Cristian, Diego e Marcel: colocação inédita de alunos e instituição na competição.

O Senac São Paulo encerrou 2008 com chave de ouro e mais duas conquistas para celebrar. A instituição foi escolhida como parceira do ano da International Business Communications (IBC), organizadora da Global Management Challenge (GMC), disputa na qual alunos do Centro Universitário Senac – Campus Santo Amaro ganharam destaque.

A GMC é a maior competição internacional de estratégia e gestão e visa incentivar e descobrir talentos em 30 países. A grande final brasileira ocorreu no último dia 18 de dezembro, no Paulista Plaza Hotel, em São Paulo.

Na oportunidade, os alunos Diego Ucha, do Bacharelado em Ciências da Computação, Cristian Hidalgo, Marcel Ramos e Paulo Ricardo, do Bacharelado em Administração de Empresas, foram premiados com a segunda colocação, entre os sete grupos concorrentes na final. A equipe marcou 1.005 pontos, pequena diferença em relação à primeira colocada, que obteve 1.017 pontos.

Durante o evento, Joyce da Silva Bevilacqua, coordenadora do Bacharelado em Ciência da Computação, e Flávio Henrique dos Santos Foguel, coordenador do Bacharelado em Administração com linha de formação específica em Administração de Empresas, receberam o prêmio de parceiro do ano em nome da instituição.

“A experiência com a GMC traz benefícios para a formação empreendedora dos alunos e, ao longo dos anos, temos melhorado nossa colocação. Numa competição com quase 200 equipes das maiores universidades do País, o segundo lugar é um resultado fantástico”, comemora Daniel Garcia Corrêa, coordenador do Núcleo de Empreendedorismo do Senac São Paulo.

Fonte: http://www.sp.senac.br/jsp/default.jsp?tab=00002&newsID=a15911.htm&subTab=00432&uf=&local=&testeira=727

Entrevista feita pela Universia sobre a participação da equipe Almaz/SENAC na final nacional do Global Management Challenge 2008. A equipe Almaz é representada por Diego Ucha, Cristian Eduardo Cerda, Marcel de Paula Ramos e Paulo Ricardo Azevedo.

Superando as adversidades

Por Almaz

Em 4 de dezembro recebemos a ótima notícia que a Almaz foi classificada para a final nacional do GMC 2008. Foram dez semanas de muita dedicação, estudos e análises das decisões tomadas e dos relatórios de gestão da empresa, que vemos hoje que valeram muito a pena, não apenas pelo resultado conquistado, mas pelo conhecimento e experiência adquiridos.

Em diversos momentos precisamos lidar com situações adversas que ocorriam tanto com a situação econômica e de produção da empresa, quanto com o cenário econômico global, que causava forte impacto na empresa e conseqüentemente em nossas decisões.

Certamente, depois de toda essa experiência o primeiro e principal proveito que tiramos do GMC é de saber lidar com adversidades, mantendo linha lógica de raciocínio, sem deixar a euforia atrapalhar na decisão.

Outro ponto bastante importante a ressaltar é do aprendizado adquirido de gerir uma empresa, desde a compra de matéria-prima, passando pela política de preços, até a distribuição dos produtos aos diferentes mercados. Compreendemos que gerir uma empresa é um conjunto de decisões interligadas direta ou indiretamente, que convergem em resultado. Possuir o melhor resultado é ter muito bem definido o objetivo e a missão, que guiará a tomada de decisões.

Por causa de toda a experiência adquirida, as expectativas para a final nacional são grandes! Temos certeza de que será um dia especial para todas as equipes finalistas, pois representa o fruto de um intenso trabalho que temos nos dedicado desde setembro. Faremos o melhor de nós!

Fonte: http://blogs.universia.com.br/gmcbrasil/2008/12/18/superando-as-adversidades/

Está chegando ao fim, a etapa nacional do Global Management Challenge (GMC), a maior competição internacional de estratégia e gestão. O destaque é que o grupo Almaz, formado por alunos do Centro Universitário Senac – Campus Santo Amato está entre os classificados, que disputarão vagas para a final internacional da disputa.

O Almaz é composto por Cristian Eduardo Cerda e Marcel de Paula Ramos, alunos do Bacharelado em Administração, com Linha de Formação Específica em Administração de Empresas, e por Diego Ucha, do Bacharelado em Ciência da Computação.

Global Management Challenge (GMC)
O GMC tem o objetivo de destacar talentos nos 30 países onde é realizado, testando habilidades e conhecimentos em diferentes cenários por meio da simulação do mundo empresarial. Durante a competição, são constituídas equipes, compostas por três a cinco integrantes, que devem administrar sua empresa virtual na tentativa de alcançar a maior cotação de ações numa bolsa de valores, que também é virtual.

Divida em três turnos, a disputa começou com 109 grupos participantes. As duas primeiras partes do concurso foram realizadas via Internet e classificaram os melhores grupos para a final nacional, que acontece em São Paulo, no dia 18 de dezembro de 2008.

A equipe vencedora representará o Brasil na final internacional do GMC, que será realizado na cidade de Lisboa, em Portugal, nos dias 22 e 23 de abril de 2009.

Para saber mais, clique aqui e acesse o site oficial da competição.

Fonte: http://www.sp.senac.br/jsp/default.jsp?tab=00002&newsID=a15722.htm&subTab=00392&uf=&local=&testeira=453&l=&template=&unit=

O Global Management Challenge (GMC), a maior competição internacional de estratégia e gestão, está na segunda fase da sua etapa nacional. O destaque é que dois grupos formados por alunos do Centro Universitário Senac estão entre os classificados, que disputarão vagas para terceira e última fase, em dezembro.

Um dos grupos é formado apenas por estudantes do Bacharelado em Administração com Linha de Formação Específica em Administração de Empresas e o outro é composto também por alunos do Bacharelado em Ciência da Computação.

O GMC é divido em três turnos. A competição começou com 109 grupos participantes na primeira fase e agora segue com apenas 64 selecionados. A segunda fase foi iniciada em 28 de outubro e dura até 2 de dezembro.

Essas duas primeiras partes do concurso são realizadas via Internet e classificam os melhores grupos para a Final Nacional, que será realizada em São Paulo, no dia 18 de dezembro de 2008.

A equipe vencedora representará o Brasil na Final Internacional do GMC, que será realizado na cidade de Lisboa, em Portugal, nos dias 22 e 23 de abril de 2009.

Global Management Challenge (GMC)

Tanto estudantes como profissionais da área podem participar do evento, que tem o objetivo de destacar talentos nos 30 países onde é realizado, testando habilidades e conhecimentos em diferentes cenários por meio da simulação do mundo empresarial.

Durante a competição, são constituídas equipes, compostas por três a cinco integrantes, que devem administrar sua empresa virtual na tentativa de alcançar a maior cotação de ações numa bolsa de valores, que também é virtual.

Para saber mais, clique aqui e acesse o site oficial da competição.

Fonte: http://www.sp.senac.br/jsp/default.jsp?tab=00002&newsID=a15722.htm&subTab=00392&uf=&local=&testeira=453&l=&template=&unit=